quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Eu não sou o amor da sua vida


Determinados hábitos não morrem: insisto em mergulhar profundamente em qualquer poça d’água. Eu sei. Eu sei! A culpa é minha. Talvez por não levar em conta milhões de variáveis. Mas principalmente por achar que venceria todos os obstáculos.  

(Quanta inocência!)  

Eu sou um desastre, sim. Contudo, não se engane: embora não utilize os métodos mais aclamados pelos psicólogos, tenho plena convicção de que para viver de verdade precisamos estar dispostos a correr alguns riscos. Você pode até censurar as minhas características masoquistas, entretanto, acho que deveria levar a sério quando digo que as dores amenizam e as feridas cicatrizam com o passar do tempo. É preferível dar de ombros diante de um fracasso do que definhar pensando no que poderia acontecer.   

(E isso, meu caro, é questão de escolha! )

Nunca deixarei o meu coração atrofiar. Ele pode se despedaçar um pouco mais a cada embate, porém, quero entregá-lo diariamente e por vontade própria. Sem medos. Sem pretextos. Sem desejos reprimidos. Não vou tolerar apenas uma fagulha, uma pequena centelha - quero explodir de paixão onde exista reciprocidade.

(Aceitar migalhas nem deveria ser uma opção!)  


Eu não sou o amor da sua vida simplesmente porque não preencho nenhum dos requisitos que você estipulou. Mas cá entre nós? Eu sinto muito por você optar pela solução ligeiramente mais fácil.  E fácil, nesse caso, sempre foi desistir. 

66 comentários:

  1. Boa noite Helena.
    Pessoas são textos e o seu texto é perfeito para você e para quem se identifica. Não impeça seus passos, não gaste tempo. Viver momentos especiais é para quem sabe transbordar e é gente de verdade. A coragem é para pouquíssimas pessoas, te digo que eu pertenço a esse grupo que tem o hábito de passear fora da zona de conforto e assumo a responsabilidade. O tempo pode ser curto e a vida foi feita para se viver. Outra coisa homem é só homem e ponto final, alguns merecem o desnudar da nossa alma, já outros... Precisam aprender sobre sutilezas. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maria Emilia!
      Dificilmente as pessoas tem coragem o suficiente para se entregar. Algumas preferem viver um relacionamento morno que, aliás, pode até ser mais cômodo. Paciência! Eu prefiro quebrar a minha cara cinquenta vezes...
      Quem sabe, um dia a gente acerta, não é mesmo? ;)

      Beijos, querida!

      Excluir
    2. Tem pessoas que vivem uma vida de aparências e comodismo na ilusão que ainda faz par com alguém.
      Bjs.

      Excluir
    3. Pois é... o certo mesmo é amar quem nos ama. O resto devemos deixar para lá...

      Beijos e um ótimo dia para você!

      Excluir
  2. "...definhar pensando no que poderia acontecer...", ótima frase para ficar refletindo... E depois "definhar"... Rrsrs... Parabéns! Excelente texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tarcísio!
      Obrigada, meu bem.
      Pois é... agora estou meio cansada de reflexões, acho vou partir para as ações, isso sim! =)

      Beijo grande.

      Excluir
  3. Uau.
    Que texto.
    Deu para refletir sobre muita coisa.

    Beijo.
    http://sentimentalismodesmedido.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mart!
      Desabafo, né?
      Às vezes, é questão de necessidade. ;)

      Beijo, flor!

      Excluir
  4. Maravilhoso, Helena.

    E isso aqui:
    "(...) insisto em mergulhar profundamente em qualquer poça d’água."

    É tão eu!

    Beijos.
    www.dilemascotidianos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruno!
      Obrigada, querido.
      Então acho que você está tão vulnerável quanto eu a quebrar o seu pescoço! ;)


      Beijos!!

      Excluir
  5. Boa tarde, seu belo texto diz que a vida não são só rosas, também tem espinhos, pois...o inesperado acontece quando menos se espera e de quem não se esperava, não se deve deixar que o coração fique atrofiado, a vida continua, corremos atrás dela ao mesmo ritmo, se não ultrapassarmos rapidamente os espectaculoso que surgem, ficamos para trás, FORÇA e MOTIVAÇÃO, é obrigatório.
    Continuação de boa semana,
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, AG!
      Você tem razão... nem tudo é perfeito. E desconfio que se fosse, acharíamos chato demais. Algumas situações são até boas para nos mostrar a importância que temos para determinadas pessoas.

      Obrigada pelo carinho!
      Beijo grande!

      Excluir
  6. Será cego? Ou é só maus critérios?

    Avança :) alguém de certeza vai te descobrir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, C.C.!
      Se assim fosse, eu estaria aliviada ;)
      O importante é seguir em frente. Vamos ver quem encontrarei pelo caminho...

      Beijos!!

      Excluir
  7. Um texto rico sob um título promissor. É belíssimo, isto. Será o 'mergulhar profundamente' em poças d'água contraditório com 'quero explodir de paixão onde houver reciprocidade'?! A princípio, sim. Só há uma possibilidade de que não: é que a poça não seja o outro, mas o sentimento, a paixão. Mergulhas na poça com aquele que mergulha na poça, e isso é reciprocidade do raso. Mas o 'mergulhar profundamente' decerto é mergulhar na paixão rasa em busca do amor profundo, mergulhar na poça em busca de ser mar o que se vestiu de poça. E isto é mais belo que tudo. Procuras um amor. Uma reciprocidade. Um mar. Quem não te vê assim, deveras, deveras, não está capacitado a ser o amor de tua vida. Belíssimo. Beijossssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Occhi di Bambino!
      Bela é a sua visita! Obrigada pela análise tão profunda e por transformar o meu texto em algo melhor do que ele realmente é. E você está corretíssimo: eu procuro a reciprocidade que, aliás, é algo muito raro atualmente. Às vezes nos enganamos achando que estamos na mesma sintonia... Mas quem disse que podemos acertar sempre, não é?

      Seja bem-vindo! =)
      Beijão!

      Excluir
  8. Respostas
    1. Olá, Igor!
      Sutil, né? kkk

      Beijo. :*

      Excluir
    2. Somos tudo, menos sutis.
      E não teríamos a menor graça se fossemos de qualquer outro jeito.
      Cuide-se ;*

      Excluir
    3. Pois é, meu bem.
      É engraçado como somos tão parecidos e tão diferentes ao mesmo tempo.
      Beijos.

      Excluir
    4. Não sou fã das circunstâncias, mas é bom ler suas palavras de novo.
      Beijo.

      Excluir
  9. Amor correspondido... É mais fácil, não sei se eu cometo um baita de um exagero, acertar na mega sena, até agora, acumulada, rs. Beijos, Helena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fábio!
      Você está completamente certo. Minhas chances de ficar milionária são muito maiores! ;)

      Beijão!

      Excluir
  10. OI HELENA

    eu me identifiquei imensamente. Também habito a intensidade, mas adoro me afogar em poças dágua ._. porque a gente se atrai pra esse tipo de lugar? um caso a ser estudado.
    Eu ando desistindo do tal do amor, viu HAHAHAH
    texto maravilhoso, você sempre arrasa!

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Hellz!
      Obrigada, querida!
      Olha... não desiste, não. Às vezes, aparece alguém que nos enxerga de verdade. Deve existir alguém nesse mundão, né? Vamos conservar a esperança! ;)

      Beijo grande!

      Excluir
  11. Uma vida sem riscos revela-se sempre de atroz monotonia e até lhe poderemos chamar de complexo de Zelig (o cavalheiro agia sempre de acordo com as pessoas com quem estava: genial filme de Woody Allen), ora o risco faz parte da vida, porque ele é irmão do desejo e só assim é possível viver a plenitude da vida com a consciência tranquila, porque as decisões que foram tomadas não foram influenciadas por ninguém.
    Aproveito para desejar umas Boas Festas, com Paz, Amor e Saúde e um Bom Ano 2017.
    Boa tarde!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mister Vertigo!
      Exatamente. Arriscar é necessário! Melhor amar e não ser correspondido do que mascarar os sentimentos. Eu posso, sim, me conformar com o fracasso, mas jamais com a dúvida....vale a pena tentar, independente do resultado.
      Obrigada pelos votos!
      Desejo um Feliz Natal e Próspero Ano Novo para você!

      Beijo grande.

      Excluir
  12. Respostas
    1. Olá, querido AG!
      Obrigada! Boas festas para você e sua família.

      Beijos!

      Excluir

  13. Gostaria de te desejar um Feliz Natal repleto de coisas boas... aproveita ao máximo! ;)

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, C.!
      Igualmente.
      Obrigada pela visita. =)

      Beijão!

      Excluir
  14. Bela Helena, vejo as possibilidades, e um coração que não atrofia nem dezistirá de tentar amar, dar de ombros para o que não deu certo e não definhar pelo que não se fez, mas não estou preparado para a parte mais importante ainda, que entregar meu coração sem medo, ainda tenho medo...sempre bom te ler, já te falei que amo teus títulos ? Querida amiga tudo de bom e mais para ti e os que tu amas nesta passagem de um ano para outro.
    ps.Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, meu querido amigo! Sempre existe certo receio, mas não podemos sentir medo de entregar o nosso coração. A vida é muito curta para evitarmos o amor - precisamos viver plenamente o tempo que nos é dado.
      Obrigada! Um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de paz, saúde e alegria para você!

      Beijos!

      Excluir
  15. Olá,Bruna! Como você está? Que bom saber que você escreve também! Estou muito feliz de ver meu blog ali no cantinho,obrigado mesmo viu? As vezes eu escrevo o que sinto,ou o que passo mas nem sempre é isso que acontece. Sua forma de escrever é perfeita,sem contar que alguns trechos são um tapa na cara como : "Eu não sou o amor da sua vida simplesmente porque não preencho nenhum dos requisitos que você estipulou." Amei seu blog,sempre vou estar passando aqui!
    Beijos ♡
    | reckless | e Hematomas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luccas!
      Não precisa me agradecer, é um prazer. Na verdade, eu que te agradeço pela visita e por suas palavras carinhosas. Meu nome não é Bruna, mas isso não faz muita diferença. E tenho certeza que Shakespeare concordaria comigo ;)

      Beijão!

      Excluir
  16. Passando para te desejar um Feliz Natal e um Feliz Ano Novo. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, querida!
      Um ótimo Ano Novo, muitas felicidades a você e aos seus!
      Que 2017 seja um ano iluminado!

      Beijos!

      Excluir
  17. Sabe, Helena, estipular requisitos não dá certo. Quem muito escolhe acaba não conquistando nada.

    No fim, quem não arrisca, não petisca :)

    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Eric!
      Concordo plenamente. Na pior das hipóteses, vamos fracassar. Mas isso a gente acaba superando, não é?
      Boas Festas, meu querido!

      Beijos!

      Excluir
  18. Olá, Helena!
    Venho desejar a você um 2017 de sucesso e realizações. Que sejam curtos ou largos os passos, mas que sejam firmes!
    Mergulhar profundamente em poças de água...bela reflexão, obrigada!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sandra!
      Muito obrigada, querida.
      Um próspero Ano Novo para você, que ele venha repleto de conquistas! Vamos deixar para trás tudo o que não deu certo...

      Beijo grande!

      Excluir
  19. Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Tarcísio. =)
      Beijo grande!

      Excluir
  20. Votos sinceros de um Bom Ano 2017 repleto dessa felicidade que todos merecemos e desejamos para uma maior compreensão entre as pessoas e um pouco de paz no universo.
    Bom Ano 2017!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mister Vertigo!
      Que assim seja para todos nós.
      Um feliz Ano Novo para você e sua família!

      Beijos!

      Excluir

  21. HELENA,

    pelo visto, você foi maltratada por um homem.

    Liga não!
    Esta raça é a coisa mais maldita que semeou a terra.
    São porcos,vivem coçando seu membro fálico em público, palitando os dentes em restaurantes, egoístas,falsos,hipócritas,imediatistas, metidos a machões,desorganizados e na cama parecem que estão sozinhos...na hora do amor a dois.
    Tenho nojo desta gente, raça inferior e medíocre!!!
    E chato dizer, mas o único que escapou fui eu e, sendo assim me coloco à sua inteira disposição, afinal verdadeiramente fui a última bala do saco que sobrou.
    E meu sabor é menta!
    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Paulo!
      Adorei o seu comentário! O seu senso de humor é surpreendente e é por isso que nunca canso de ler o seus textos. E eu tenho certeza, sim, de que você é único!
      Mas você viu como existem homens que gostam de despedaçar um coração? Mas, olha, pode ficar tranquilo que eu não sou mulher de malandro, não. Eu gosto mesmo é de ser bem tratada, afinal de contas. ;)

      Beijo grande!

      Excluir
  22. Desistir é um atalho para o fracasso.
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, GK!
      Certamente é. Mas alguns não têm persistência o suficiente.

      Beijão!

      Excluir
  23. Helena,

    Vibrante texto sobre as infalíveis condições que se colocam apesar de qualquer coisa que possamos fazer para mudá-las. Elas estão lá e não dependem de nós. Perceber quando se apresentam é uma arte, sobretudo quando dividimos a estranha disposição ao salto ornamental de plataformas olímpicas... em poças d'água.

    Obrigado pelas visitas ao blog, sempre me deixam muito feliz!
    Espero pra ti um 2017 pleno de criatividade, saúde, alegrias, amores e inspirações para belos textos.

    Beijos,

    Dave.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dave!
      Obrigada pelos votos, pela visita e pelo carinho.
      “A estranha disposição ao salto ornamental de plataformas olímpicas... em poças d'água.” – maravilhoso! Você não poderia definir de melhor forma as minhas atitudes. Quem sabe um dia aprendemos agir de forma diferente, não é?

      Beijos!

      Excluir
  24. Helena, minha querida!

    Mto agradeço sua visitinha e sinceros votos, que retribuo, duplamente.

    Hoje, não irei comentar seu post, pke gosto de ler e reler e não estou com a devida atenção para isso.

    FELIZ E MARAVILHOSO ANO NOVO.

    Beijos e um abraço bem apertadinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, minha querida.
      Um ótimo ano para todos nós! =)

      Excluir
  25. Olá, querida amiga!

    Tal como te prometi, cá estou eu para comentar seu fabuloso e lúcido texto, k é um desses recados, assim, bem na cara, tipo bofetada sem mão.

    Olha, linda, sabe que por "morrer" um passarinho, que nem sei se pensa, a Primavera não acaba, como se diz por cá.

    O coração, não sendo o órgão vital do nosso corpo, mas sim o cérebro, que tudo comanda, pode ficar estraçalhado mas com assinatura, isso é, a grande e a pequena circulação continuarão se fazendo, normalmente.

    Pedir o amor de alguém, k não nos merece e ama, é indigno e até anti natural. Continue! O mundo, o outro, é já ali.

    Beijos e um Ano Renovador!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Céu, querida!
      Obrigada pelo comentário e pelos conselhos que certamente tentarão ser acatados. Embora eu tenha a habilidade de me iludir continuamente, não vale a pena insistir no que está fadado ao fracasso. Às vezes precisamos aceitar que algumas pessoas simplesmente não nos amam da forma que gostaríamos ou que necessitamos. É a vida... não podemos ganhar sempre, afinal. ;)

      Beijocas!

      Excluir
  26. Muito bom dia querida Helena.. feliz em ter o teu olá.. pelo menos vc nao esqueceu de mim..
    que seja sim um lindo ano que se inicia a todos nós.. pq este foi foda,,
    sobre tua postagem..
    essas coisas de amor sempre assim..
    quantas brigas, desentendimentos..
    uniao hj em da complicado.. por isso ainda estou sozinho.. só estressar ng merece.. beijo carinhoso Querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, meu querido poeta!
      Jamais esqueceria. Sempre que posso, estou lá para ler suas tão doces palavras.
      E você tem razão, nenhum relacionamento é fácil. Mas de vez em quando, podemos acertar. Conserve a fé!

      Beijos!

      Excluir
  27. As vezes desistir é dar alivio... :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cristiano!
      Fico feliz com o seu retorno. Quanto tempo!
      E, é verdade... talvez seja necessário sabermos a hora de desistir.

      Beijão!

      Excluir
  28. Maravilhoso! A vida é muito especial para se viver na mediocridade. Minha busca é pelas sensações extremas, como uma paixão avassaladora. Do outro lado da balança, a timidez, e todos os defeitos de um ser humano que admira a chuva, mas que morre de medo de se molhar e acaba optando pelo chá ao fim de tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Daniel!
      Obrigada pela visita! Pois é... muitas vezes, apostar todas as fichas em um relacionamento pode ser perigoso, mas ainda considero melhor do que não apostar nada. E viva a intensidade! =)

      Beijo grande!

      Excluir
  29. "Eu não sou o amor da sua vida simplesmente porque não preencho nenhum dos requisitos que você estipulou."
    EU digo isso pra todo mundo uahuhua


    bruna-morgan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruna!
      Para mim, não corresponder às expectativas de outras pessoas é natural. Paciência..! ;)

      Beijos!

      Excluir
  30. Boa tarde, Helena! da vida só temos que absorver o que nos faz sentir bem, o resto são partículas minúsculas sem significado.
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querido AG!
      Tem razão... é isso o que importa.

      Beijo grande.

      Excluir

Se você conseguiu chegar até aqui é porque teve paciência suficiente para agüentar minhas insanidades. Prometo agüentar as suas também... Vai! Me diz aí o que você pensa.Tenho certeza de que vou adorar!