quinta-feira, 26 de outubro de 2023

(Des)Controle


Eu te desejo amor.
Não um amor cheio de farpas, desses contaminados que murcham, que enrugam, que apodrecem. Tampouco um amor modesto, desses em preto-e-branco, atrofiados, repletos de desejos contidos e de emoções sufocadas. Você merece um amor ardente, de chama violenta, desses que sentimos na pele, nas entranhas, na alma.

Eu te desejo um amor inteiro.
Eu te desejo imensidão.

42 comentários:

  1. Oi, Helena!
    Teu texto é, como sempre, uma maravilha.
    Queremos amores que "ardam".
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Céu!
      E que nossos amores sejam sempre intensos...
      Beijo grande!

      Excluir
  2. Amor que que se entranha nos poros, na mistura de odores, essência, na permuta e na entrega.!
    Muito bom, adorei ler.
    Kandandos!

    ResponderExcluir
  3. Sim... um amor ardente, onde as horas se perdem na madrugada indefinida da noite como cálidos sussurros
    por entre fiordes de desejo e prazer...
    Um louco devaneio... sem rumo, sem freio!
    Beijos...

    ResponderExcluir
  4. Queridíssima Helena,
    Se o desejo fosse amor,
    O amor, vamos supor,
    Seria o desejo em cena,
    Porém não o é, e dá pena
    Ver alguém apaixonado
    Sentindo um pecado
    Desejar o ser que ama.
    Mas o amor leva à cama
    E lá tem-se o resultado.

    "O amor é fogo que arde e não se sente",,,
    Parabéns pela prosa poética, Helena. Abraço fraterno. Laerte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom, Laerte!
      Impecável, como sempre!
      Obrigada pela visita. Abraços!

      Excluir
  5. Esse texto me causou até calafrios. Muito bom, Helena!!!

    ResponderExcluir
  6. Espero bem que possa concretizar esses amor ardente com o ser amado.
    Abraço de amizade.
    Juvenal Nunes

    ResponderExcluir
  7. Volto para te reler. As tuas palavras parece que ganham vida própria e tocam na pele e na alma. Um doce fascínio!

    ResponderExcluir
  8. Com por preço o hospício, um amor precipício.
    GK

    ResponderExcluir
  9. ""Quero um amor maior
    Um amor maior que eu"
    Jota Quest

    ResponderExcluir
  10. Helena querida,
    Que delicia de desejo!
    Lindos versos.
    Bjins de boa nova semana.
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  11. Querida Helena,
    Se for para amar tem que ser com intensidade, coração, corpo e alma! Lindo texto poético, adorei.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Alê! É isso mesmo! Agradeço o seu comentário, agradeço a presença e te desejo um ótimo fim de semana! Beijão!

      Excluir
  12. Sim... Esse amor é como um assombroso espaço onde os corpos serpenteiam, procurando a maçã no meio do caminho. A mordida do pecado desfazendo dogmas, que torna obscena a boca sóbria e delicioso o sabor do fruto...

    Um beijo...

    ResponderExcluir
  13. L'amore e i suoi orizzonti infiniti....molto belle le tue emozioni in questo testo e molto belli i tuoi lavori, complimenti

    ResponderExcluir