terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Do Avesso

Dia 10 de Janeiro é uma data propícia para a pergunta inevitável: O que eu fiz da minha vida até agora? Sempre considerei o meu aniversário uma ocasião adequada para listar em minha mente todos os fracassos, as inúmeras possibilidades que simplesmente joguei no lixo - algo que realizo com muito êxito, aliás. É o típico momento em que você me encontraria vulnerável, ferida e indefesa por motivos óbvios, onde uma crise existencial não seria surpreendente, mas sim, plenamente justificável.

Eu cheguei à conclusão de que a vida me trata de forma muito canalha: afaga, porém, chuta o meu traseiro logo em seguida. Mas nessa relação de amor e ódio, entre carícias e bofetadas, eu consigo sobreviver nem que seja por teimosia. Apesar do meu ritmo frenético e insalubre é inegável que estou em paz comigo mesma - desisti de buscar uma horrenda perfeição que nada faz além de perpetuar a chatice. Hoje me encaixo (e muito bem!) na classe dos que andam desastradamente na contramão.

Portanto, aos amantes da sanidade que me julgam imprudente ou incorrigível, alerto que avalanches de conselhos são inúteis: eu continuarei rindo até perder o fôlego, tomarei algumas decisões viscerais ou me envergonharei publicamente de vez em quando. Não tem jeito! E para as pessoas desprovidas de sentimentos com senso de humor nulo, deixo aqui os meus eternos bocejos - afinal, independente da quantidade de aniversários celebrados, o meu espírito não criará pés de galinha.

57 comentários:

  1. => "So lovers of sanity judge me reckless or incorrigible, warn that avalanches councils are useless: I will continue laughing up out of breath"

    Yeah...that's good quotation! Surely also be greatfull sense of the amazon thaughted.
    Thnx...@h

    ResponderExcluir
  2. "dos que andam desastradamente na contramão." Fizeste-me lembrar de uma música de um artista português: "Voámos em contramão":

    https://www.youtube.com/watch?v=FXO9cxummXA

    Tem um bom dia,
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Konigvs!
      Que música linda! Se eu te disser que conheço muitos cantores portugueses, vou estar mentindo. Mas, o Pedro Abrunhosa, alguém da sua terra já me apresentou há muitos anos e eu achei fantástico. Fora que ele cantou com a nossa Ivete, né? https://www.youtube.com/watch?v=FnFrflUHs_Y

      E vou te falar que eu tenho uma quedinha pelo sotaque, viu! Obrigada pela recomendação, eu adorei. ;)

      Beijos!

      Excluir
    2. É normal vocês brasileiros não conhecerem muito da cultura portuguesa. Na verdade vocês nem entendem o nosso português, porque não estão habituados a ouvir-nos, ao passo que o sotaque brasileiros nos entra televisão adentro, todos os dias, nas novelas, nos muitos jogadores de futebol brasileiros, e nas muitas bandas e músicos brasileiros que passam nas nossas rádios. Não sei bem porque será, nós também só somos 10 milhões e vocês são 200... mas muito poucos artistas portugueses penetram no mercado brasileiro e acho que é pena, pois se calhar, nunca como agora, temos inúmeras bandas e cantores de qualidade, para todos os gostos, a cantar em inglês e em português. Até o próprio fado, aquela musiquinha tradicional e triste anda com uma roupagem nova.

      O Pedro Abrunhosa não tem voz como ele diz, mas escreve e compõe, e nos últimos anos vem compondo músicas muito emocionais. Um dia se quiseres dou-te uns nomes para ouvires...dependendo dos teus gostos claro!

      Excluir
    3. Ah, você acha mesmo? Eu acredito que vocês estão enraizados aqui, já que a maior parte da nossa herança cultural é proveniente de Portugal. O único problema é que, às vezes, não nos lembramos disso.
      E, eu até acho que em uma cidade mais cosmopolita, por exemplo, São Paulo, a cultura portuguesa esteja sendo mais difundida, afinal, é para lá que os artistas portugueses vão, quando visitam o Brasil. Mas eu confesso que sou meio ignorante nesse aspecto, então vou adorar o que você puder compartilhar comigo, tenho certeza! ;)

      Beijos!

      Excluir
    4. Sim, claro que a maior herança cultural brasileira foi em tempos dos portugueses, dos escravos africanos e dos povos nativos. Mas talvez pela grande distância física, seria natural que nos afastássemos. E depois também acho que se geram estereótipos quase caricaturais, devido por exemplo à emigração. Se calhar fruto da muita emigração portuguesa para o Brasil, fruto da muita pobreza, se possa ter criado a típica imagem do "senhor Manuel" da padaria ou da "senhora Maria" de buço da cara!
      Mas olha que no que à cultura diz respeito a ideia que tenho, é que a maioria dos brasileiros só conhecem mesmo o Roberto Leal (ah ah ah) que é considerado brasileiro aqui e português aí!

      Excluir
    5. É.. eu sei. Sou obrigada a concordar que estereótipos são criados. Mas, vamos combinar que os brasileiros não são só os malandros que nascem sambando ou jogando futebol. ;)
      Apesar de tudo, acho que a literatura portuguesa é bem difundida por aqui. Se não é lida espontâneamente, ao menos, será na marra, afinal, alguns livros são cobrados em grande parte dos vestibulares. Mas, em relação à música, eu estou por fora mesmo, já que o Roberto Leal certamente é o primeiro que me vem à cabeça. Estou precisando de uma atualização. Vou aguardar as suas próximas indicações! =)

      Beijo!

      Excluir
  3. Heleeenaaa Parabéns!
    Tenho começado a andar na contramão recentemente. E é uma DELICIA!
    Pela primeira vez na minha vida, tenho me dado a oportunidade de ser e sentir.

    Que nosso espirito nunca envelheça
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nathalia!
      Obrigada, querida.
      Eu concordo contigo, vamos deixar a vida um pouquinho mais divertida, afinal de contas. Obrigada por sua visita.

      Beijão!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Olá, Tarcísio!
      Isso é mais do que suficiente, muito obrigada! =)

      Beijo grande.

      Excluir
  5. Bom dia querida Helena, parabens e felicidades sempre a vc..
    é uma data que a gente simplesmente consegue parar e olhar realmente o que fizemos até entao..
    muitas rasteiras, alegrias, a vida assim mesmo..
    ensinando a gente a caminhar,
    bjs e feliz sempre paz e bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, meu querido poeta!
      Muito obrigada! É isso mesmo, o importante é continuarmos em frente, independente dos obstáculos que encontramos pelo caminho. Superar as adversidades é necessário.

      Beijos! :*

      Excluir
  6. Parabéns! Viver é misterioso.
    Nunca deixe de ser autêntica em hipótese alguma. Boa noite. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, minha flor.
      Tenha um ótimo dia!

      Beijos!

      Excluir
  7. Helena, querida, parabéns atrasado pelo aniver!

    Continue sendo sempre essa menina de espírito inquieto, instigante, e extremamente talentosa.

    Beijão!
    www.dilemascotidianos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruno!
      Que delícia de elogios. Obrigada, de coração!

      Beijos, querido.

      Excluir
  8. Feliz aniversário atrasadooooo <3 <3 <3

    bruna-morgan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. feliz aniversário atrasado e que tudo melhore por aí!
    que esse ano seja de luz e bons objetivos.
    abraço afetuoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sara!
      Obrigada, minha querida.
      Amém! =)

      Beijo grande.

      Excluir
  10. Viver é administrar contradições.
    GK
    Parabéns pelo aniversário!

    ResponderExcluir
  11. e tens toda a razao deves viver como queres.. a vida é tua.. és tu que vives com ela... por isso se te sentes bem é o que interessa... o resto nao interessa... as pessoas que importam aceitam te como és!!

    ps: parabens (atrasados)
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lua!
      É claro! Concordo contigo.... que permaneça ao nosso lado, quem realmente nos compreende e nos aceita. Obrigada!

      Beijo grande!

      Excluir
  12. Para a pessoa especialmente reflexiva que és, já me surpreende que aniversários se deem a cada 10 de janeiro e não todos os dias, a cada dia. Tenho me perguntado o que fiz da minha vida hoje, porque não imagino que exista outro dia senão este, para fins de fazer. Deveras, para meditar e aprender há o ontem, para sonhar e inspirar-se há o amanhã que nunca chega. Mas, para fazer??? Só o hoje. Então, que sejas o que és, e que faças o que desejas fazer, para adormeceres em paz contigo mesma (o que já é uma multidão!). Desejo-te feliz aniversário. Não te direi “atrasado” porque o dia é mas o desejo não. E todo dia é dia de celebrar a tua vida, minha amiga, para mim. Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Occhi di bambino!
      Obrigada, meu querido.
      E você tem toda razão... nem sabemos se o amanhã chegará. Dispensar tudo o que é seguro e confortável em prol de viver significativamente o hoje, para mim, torna-se indispensável. Há quem condene, mas eu não saberia viver de outra forma.

      Beijos!

      Excluir
  13. Insalubre, incorrigível, impecável. Como sempre...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Igor!
      Quem sabe um dia, prudente, madura ou consciente. Mas não hoje. ;)

      Beijos!

      Excluir
  14. Vim contribuir seu comentário e gostei pra caramba do seu blog!
    Eu me pergunto a mesma coisa nos meus aniversários. No final, acho que o aniversário tem a mesma função daquela pessoa que fala "você aguentou até aqui, não desista". Porque a gente leva (usando sua conclusão) tantos pontapés da vida que para de temer os que vem pela frente. Nós aprendemos a aceitar que se chegamos até o agora da forma que somos, então o certo é seguirmos assim.

    Parabéns!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Isadora!
      Obrigada!
      É verdade... não importa quantos tombos levamos ou quantas rasteiras a vida nos passa, precisamos seguir em frente da melhor forma que conseguimos.
      Seja bem-vinda! =)

      Beijos!

      Excluir
  15. Olá, querida Helena!

    Começo por te dar os parabéns, atrasados, sim, por seu aniversário e te dizer k cada pessoa tem sua "forma" e não há de que.

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, minha querida!
      Obrigada!
      Sem dúvidas, essência sempre permanece ;)

      Beijo grande!

      Excluir
    2. Oi, Helena querida!

      Não tem k agradecer nada, pois nené tem sempre direito a parabéns e a mto mais e há k respeitar, acima de tudo, a essência da criança, do recém nascido.

      Já li teu mais recente post, que depois comentarei.

      Tenho, tb, desde há alguns dias, nova postagem. Terei mto gosto na sua presença por lá. Desculpa eu não te ter avisado há + tempo, mas me esqueci, de todo.

      Beijos e uma semana bem linda e determinada.

      Excluir
  16. O rio encontra atalhos entre as pedras, assim encontramos nas nossas loucuras as luzes do mar! abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ives!
      Algumas loucuras são saudáveis, deixam o nosso mundo um pouco mais divertido.

      Beijos!

      Excluir
  17. Bom dia, ui...venho atrasado, mas ainda a tempo para lhe desejar a maior felicidade agora e sempre neste seu lindo aniversario, na vida devemos ser nós próprios em todas as situação, assim, somos o que somos e só nos aceita quem quer, continue a ser que é, fazer de si o que mais deseja, só assim consegue ser feliz, caso contrario, faz teatro diariamente o que nada favorece.
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querido AG!
      Obrigada pelo carinho!
      Usar máscaras nunca foi do meu feitio, afinal, elas sempre caem (uma hora ou outra!). Mais fácil é aceitar quem somos e torcer para que alguém encontre algum charme nisso. ;)

      Beijão!

      Excluir
    2. Muito boa esta reflexão, parabéns atrasado pelos anos avançados de experiência e pelo post que foi muito bem escrito.

      Arthur Claro
      http://www.arthur-claro.blogspot.com

      Excluir
    3. Olá, Arthur!
      Quanto tempo...! Obrigada pela visita e pelos votos.

      Beijos.

      Excluir
  18. Bela Helena cá estou a te desejar tudo de maravilhoso nesta vida e nas que houverem adiante...minha vida sempre foi na contramão do trivial e comum, nunca me acostumei a zona de conforto alguma, se estou confortável, está na hora de buscar novos caminhos.
    ps. Carinho respeito e abraço.
    ps2 interessante o diálogo teu com o portuga Konigvs, e tenho de confessar que em parte ele tem razão, mas também, olha a nossa herança maldita, os primeiros portugueses que vieram colonizar por aqui eram empurrados para o Brasil bandidos, prostitutas e todos aqueles que não eram vistos como "sociáveis" no Portugal daqueles tempos. Sem falar na nossa suposta independência, pois saímos das garras de Portugal (muito ouro e pedras preciosas), caímos nas mão dos Ingleses e logo, os norte americanos, estes sim fizeram lavagem cerebral, pois num país com a nossa população, se ouve mais música em inglês que em português brasileiro. Temos muito a aprendermos com Portugal, mas Portugal tem também de aprender e respeitar uma Nção livre, como o Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jair!
      Meu querido amigo, obrigada! Você está correto, pois, nada acontece quando nos acomodamos... principalmente quando as coisas não vão lá tão bem, sempre é bom buscarmos novas alternativas.
      Quanto ao diálogo, Konigvs por esses dias disse que, às vezes, tem até vergonha de ser humano, o que achei interessante e sou obrigada a concordar. Se investigarmos bem a história de nossa colonização, não podemos negar que há um passado muito negro e triste a ser analisado. Nós temos realmente o nosso complexo de vira-latas e isso certamente tem raízes muito antigas.

      Beijos!

      Excluir
  19. OI HELENA

    o espírito só envelhece se a gente permitir, fato. E tenho toda certeza que você não permite ou permitirá!
    Quando mais jovens, a gente tenta buscar uma perfeição impossível e acaba é perdendo tempo. Que sejamos errantes e imperfeitos sempre!

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Hellz querida!

      É claro! Devemos resistir sempre à ação do tempo e desejar que o nosso espírito se renove a cada dia.

      Beijão!

      Excluir
  20. Helena a vida não dá tréguas é "fodida" mas, também, é o maior milagre que vivemos!

    boa tarde

    que tenhas uma excelente vida


    -____-

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Moonchild!
      Como é bom te ver por aqui!
      Todos os dias são milagres, com certeza. :)
      Obrigada!

      Beijo grande!

      Excluir
  21. Sabe, Helena, eu ia fazer um comentário questionando a vida e atitudes e terminaria te dando feliz aniversário atrasado, mas fiquei rindo daquela foto da menina com a cara no bolo =]

    Mesmo assim, feliz aniversário atrasado :)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querido!
      Eu sempre rio quando vejo também. Acho que é a cara de qualquer aniversário meu, aliás.
      Obrigada! Fico feliz por você ter aparecido! =)

      Beijo grande!

      Excluir

Se você conseguiu chegar até aqui é porque teve paciência suficiente para agüentar minhas insanidades. Prometo agüentar as suas também... Vai! Me diz aí o que você pensa.