domingo, 4 de dezembro de 2011

Contraste

Eu gostava de estar ao seu lado - sua voz suave, o sorriso sereno e certa dose de timidez formavam uma combinação incrível. Dono de gestos comedidos e de uma placidez quase melancólica, o charme provinha de seus lindos olhos castanhos que pareciam esconder pensamentos profundos. Nada forjado, tudo na medida certa, afinal, tinha o equilíbrio por princípio.

Eu, o turbilhão. Ele, a calmaria - a única pessoa que me ofereceu algo próximo à paz. Contudo, os opostos realmente se atraem? Talvez, mas não por muito tempo. A verdade é que era um relacionamento fadado ao fracasso desde o início.

10 comentários:

  1. Nunca será descoberta resposta a tal perguntar, por que " e se tivesse dado certo?"

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Percebo que seus olhos brilhantes,transmite algo mais que estas palavras nuas e repletas de sentimentos:-Beijo Carinho e Grande:-BYJOTAN.

    ResponderExcluir
  3. Contudo, os opostos, realmente, se atraem?

    Às vezes não sei se espero que sim ou que não.

    ResponderExcluir
  4. Se eu fosse dizer o que senti ao ler-te, repetiria exatamente todas as suas palavras, então achando desnecessário repetir, eu só agradeço, obrigado por postar o que eu e, provavelmente muitas outras pessoas, queríamos dizer.

    "Fadado ao fracasso".

    ResponderExcluir
  5. Uma vez alguém me disse a mesma coisa: "Meu relacionamento está fadado ao fracasso. Eu sei e todo mundo sabe disso".
    E eu perguntei: "E o que você vai fazer?"
    "Eu vou lutar para dar certo e, se não der, pelo menos eu vou curtir uns momentos de felicidade".
    Tem segredo pra felicidade? Nem sei, quem sabe?
    Negócio é ir vivendo...
    Beijos
    =]

    ResponderExcluir
  6. (^_^) OI..Linda... só passando pra lhe Desejar um Feliz Natal e um Prospero Ano Novo..."o grande problema do ser humano, é que ele é imperfeito e deseja um relacionamento perfeito...isso não existe, sempre haverá divergências, brigas, desilusão...."

    Precisando vc sabe onde me encontrar, não sei se poderei te ajudar mas posso te ouvir...

    ^)3(*^_^*).....Bjo, qjo e um bom vinho tinto, seco de preferencia... 8P

    ResponderExcluir
  7. E não vais mais escrever nada pra gente?
    =]

    ResponderExcluir
  8. Jeff, vc tem razão. Mas adoro me torturar imaginando uma resposta para a questão.

    Jorge Luiz, obrigada ;)

    V.H., acreditei nisso por algum tempo... e até torci para que sim.

    Joe, não me considere uma pessimista, mas estou inclinada a acreditar profundamente nisso.

    Rafa, a vida é feita de escolhas e cheia de surpresas, contudo, só é válido lutar por algo quando, realmente, achamos que vale a pena.

    Marcelinho, obrigada pelos votos! Quanto ao comentário, cá entre nós, precisam existir mesmo algumas briguinhas, do contrário, tudo seria muuuito chato;)

    Rafa, vou sim. Vcs não vão se livrar de mim tão fácil assim =) Estou na correria, mas pretendo estar por aqui, no mínimo, uma vez por mês .

    Beijos para vcs!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Helena!

    Que textos incríveis descobri no teu blog. Gostei muito do teu estilo de escrever; dizendo tudo e ao mesmo tempo deixando-se nada dizer - gosto disto, e que o leitor que escreva o texto em sua cabeça do jeito que quiser.

    Parabéns, querida! Vc escreve muito bem!

    Um beijo,
    Ricardo.

    ResponderExcluir
  10. Ás vezes os opostos costumam a se repelirem. Sobre fracassos em relacionamentos, sou um expert.

    ResponderExcluir

Se você conseguiu chegar até aqui é porque teve paciência suficiente para agüentar minhas insanidades. Prometo agüentar as suas também... Vai! Me diz aí o que você pensa.