sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Incomparável

Preciso admitir que, em minha vida muitas pessoas passaram, mas foram pouquíssimas as que permaneceram - costumo chamá-las de incomparáveis - sem as quais eu teria uma grande dificuldade em sobreviver.

Alguém disse um dia, que amigo é aquele que sabe tudo a seu respeito e, ainda assim, gosta de você. Essa afirmação tornou-se para mim uma verdade absoluta, afinal, amizade não se compra, não se exige e não se pede, ela simplesmente acontece. Quantos amigos, realmente nos amam, sabendo exatamente quem somos? Eu posso contar nos dedos... da mão... direita!

Esse post é dedicado à minha amiga mais antiga, minha parceira e confidente, a irmã que não tive - a pessoa que tolera o que há de pior em mim, que riu e chorou comigo e esteve presente em todas as épocas de minha vida, afinal, lá se vão mais de 21 anos de amizade. Nossa relação, como qualquer uma, já passou por altos e baixos, fases de afastamento e de reaproximação e o que sobrou disso tudo foi um amor imenso e uma eterna admiração.


3 comentários:

  1. Para algumas coisas existe agradecimentos,para outras uma página dedicada no post.Linda dedicação de afeto:-Beijo Terno,Beijo Grande:-BYJOTAN.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Jorge Luiz.
    Agradecer seria pouco e, certamente, ela merece muito mais do que essa pequena homenagem... mas foi de coração, isso é o que importa.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Linda amizade.
    Ainda bem que valeu.
    Felicidades!

    ResponderExcluir

Se você conseguiu chegar até aqui é porque teve paciência suficiente para agüentar minhas insanidades. Prometo agüentar as suas também... Vai! Me diz aí o que você pensa.