sábado, 17 de julho de 2010

O Inesperado

Curitiba é considerada uma cidade modelo por diversos fatores: o incentivo à cultura, sua limpeza, o transporte público e por aí vai. Quem não conhece o título de capital ecológica, afinal? E de "cidade mais sustentável do mundo"? Mas a realidade é que sofremos com a falta de segurança que se alastra por aqui e olha, são incontáveis os casos:


Cena 1:
garota sozinha às 21 horas no centro da cidade. Presa fácil! Três rapazes aproximam-se e dão voz de assalto empunhando uma faca. Após uma briga digna de filmes do Steven Seagal, ela saca sua pistola e afugenta o trio. O único lamento foi por sua jaqueta rasgada, pode? Pode sim! Já disse e repito: as aparências enganam - e ainda acrescento: cuidado com meninas bonitinhas que vestem cor-de-rosa.

Cena 2: uma amiga me esperava sair do trabalho - foi questão de segundos de diferença e meia quadra de distância. Adivinha? Assalto! Ele pediu a carteira e o celular mas acabou pegando somente o dinheiro. Provavelmente, sairia no prejuízo caso levasse o telefone. É! Ele devolveu, não quis mesmo! Enquanto ela chorava (desculpem a insensibilidade), eu ria.

Cena 3: quando caminhava distraída, uma garota tentou roubar minha bolsa. A arma do crime? Um guarda-chuva! Aham... ela puxava minha bolsa com uma mão e com a outra me cutucava com ele. Fiasco total. Aí já é demais, né!

Cena 4: há pouco tempo, um simpático entrou no tubo do ônibus em frente ao meu serviço e resolveu descontar sua raiva atirando em quem estivesse pela frente. Corri tanto e tão rápido que nem posso dizer o que realmente ocorreu. Ninguém se feriu (pois ele tinha péssima mira!) mas quando voltei e vi os clientes escondidos embaixo da mesa, confesso que algumas gargalhadas foram inevitáveis.

8 comentários:

  1. Pessoas são a solução e o problema de tudo. A cena no tubo do ônibus deve ter sido surreal, típica cena de filme americano. Infelizmente é realidade, fato.

    E que vc continue tendo a capacidade de se livrar de balas ao vento.

    Abração.

    ResponderExcluir
  2. Eu ri da primeira historia SAUSAHASUASHASUHAS
    Um dia quero conhecer Curitiba. Tenho amigos que moram ai *-*
    Beijão =*

    ResponderExcluir
  3. Um guarda chuva pode ser uma arma letal. Por isso sempre tenho um na mochila para casos de perigo extremo =)

    ResponderExcluir
  4. Mas tú ri demais em guria!! É o lado positivo da vida mesmo. Mas cuidado com esses excessos. Tem bandido com péssimo senso de humor.
    Bjaumm Helena!

    ResponderExcluir
  5. Não é só privilégio de sua cidade, em todo lugar temos isso ... mas vejo que você é ótima observadora para estas ações... o que acha do ramo jornalístico?

    ResponderExcluir
  6. A impressão que tive foi de uma cidade perfeitinha...

    ResponderExcluir
  7. Olá, Helena

    Meu nome é Ariany, eu represento o Blog Vestibular, da FECAP (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado).
    Primeiramente lhe parabenizo pelo seu excelente blog e gostaria de convidá-la a conhecer e opinar num ambiente repleto de informações sobre educação: http://blogvestibularfecap.blogspot.com/

    Conto com a sua visita!
    Até mais!

    ResponderExcluir
  8. AD e Carol, acontece quando menos se espera. Mas são situações atípicas, não valem usar como desculpas para desistir da visita ;)

    Eric, com nosso clima, isso é necessário, portanto, andamos todos armados por aqui. =D

    Rockson, nem me diga. Espero não encontrar com algum tão cedo.

    Rodrigo, sempre tentando me encaminhar na vida... sabe que sou um caso perdido, não sabe?

    Caju, pode até parecer. Mas na realidade, está muito longe da perfeição...

    Beijos para vcs!

    ResponderExcluir

Se você conseguiu chegar até aqui é porque teve paciência suficiente para agüentar minhas insanidades. Prometo agüentar as suas também... Vai! Me diz aí o que você pensa.Tenho certeza de que vou adorar!