domingo, 28 de fevereiro de 2010

Preparem os postes de borracha

As coisas realmente mudam conforme o tempo passa. Minha enorme frustração, há mais de 10 anos era não poder dirigir; não tinha carteira de motorista e muito menos idade o suficiente para tirá-la. Como nunca soube ao certo quem de nós é mais louca, eu ou minha mãe, aos 14 anos fiz algumas aulas práticas, digamos que “extra-oficialmente” para poder sair com o carro que ela começou a me emprestar até que com alguma freqüência. Logo depois me afeiçoei às motos e comprei um "projeto". Eu não queria parar... quem quis, na verdade, foi a polícia. Apreensão. Multa. Camburão. Droga! Delegacia... e lá perdi boas horas.

É claro que após o incidente a moto foi vendida e eu não tive outra opção a não ser ficar bem quieta. Os anos passaram e assim que completei 18 anos, me enfiaram em uma auto-escola à contragosto, pois nessa época já tinha desistido de dirigir. Para desgraça de mamãe (eu rio disso até hoje!) a única coisa que fiz por lá foi me apaixonar pelo instrutor. A carteira ficou criando pó até o fim de semana passado quando cansada de depender de todos, percebi que dirigir tornou-se uma “necessidade básica”.

Cuidado! Mais uma loira no volante. ;)

5 comentários:

  1. Oi Helena, gostaria de agradecer a visita no semcatrata, e dizer que gostei da sua voz aqui, é de uma expressividade original sem excessos e faltas, muito bacana! Bom, espero que sempre quando puder dê um pulinho lá, gostaria de compartilhar uns textos,

    Grande abraço!
    Geraldo.

    ResponderExcluir
  2. hahah!
    Muito bom, queria ter essa força para um dia sair e dirigir que nem tu estás tendo :)

    ResponderExcluir
  3. Olá, Geraldo. Seja bem-vindo, muito obrigada por sua participação. Com certeza voltarei ao seu blog, pois tbm gostei muito.

    Matheus,uma semana já foi suficiente para perceber que não nasci para a coisa. Não sei se essa força de vontade irá durar muito, viu! ;)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. (^_^) Oi Gostei do blog, muito bommmm.

    Ps.: Se tu vier pro interior de São Paulo me avisa, principalmente se vier dirigindo, dai deixo o meu carro na garagem pra não correr risco...kkkkkk...(:b

    ResponderExcluir
  5. Hahaha
    Pode ficar tranquilo, que do jeito que vou, não consigo chegar até aí, não.
    Tua sorte é que moro bem longe de vc! Pode sair sem medo. ;)

    Bjão!

    ResponderExcluir

Se você conseguiu chegar até aqui é porque teve paciência suficiente para agüentar minhas insanidades. Prometo agüentar as suas também... Vai! Me diz aí o que você pensa.